Vick Hortelã

Vick Hortelã-japonesa (Mentha arvensis)

 

Reino: Plantae

Divisão: Magnoliophyta

Classe: Magnoliopsida

Ordem: Lamiales

Família: Lamiaceae

Subfamília: Nepetoideae

Gênero: Mentha

Nome científico: Mentha arvensis L. var. Piperascens Holmes

Nomes populares: Vick, hortelã do Brasil

Origem: Japão

Hábito: Herbácea rizomatosa.

Mentha L. é um gênero botânico da família Lamiaceae, cujas espécies são popularmente chamadas mentas ou hortelãs.

As hortelãs ou mentas são plantas herbáceas vivazes, compreendendo numerosas espécies, das quais muitas são cultivadas em função de suas propriedades aromáticas, condimentares, ornamentais ou medicinais.

Em suas propriedades medicinais, é usada como antisséptico, aromática, digestivo, estomáquica e expectorante.

Descrição botânica: É uma planta herbácea estolonífera, de caule quadrangular com folhas opostas, ovaladase serradas. A inflorescência é em espiga terminal de flores violáceas.

Cultivo: É um tipo de hortelã cultivada, hoje, em quase todo o mundo. As plantas podem ser multiplicadas dos ramos ou por estaquia dos rizomas. Os canteiros devem ser renovados duas a três vezes ao ano ou após o período de floração. Plantar as mudas diretamente ou no saquinho, com espaçamento de 30 x 30 cm, em canteiros que recebam bastante luz. Usar adubo orgânico. A colheita deve ser realizada logo após a floração, aproveitando os rizomas para novos plantios e a folhagem para extração do óleo essencial ou para outros fins.

Constituintes químicos: Contém óleo essencial rico em levomentol (65-75%), mentol (70%), substância responsável pelo cheiro da planta e por seu princípio ativo.

Parte da planta para uso: Folha.

Formas de uso: As folhas podem ser usadas frescas, secas, na forma de chá, tintura ou como inalante.

Indicação: É indicado como descongestionante nasal, na eliminação de gases do aparelho digestivo ou como sedativo do estômago, contra náuseas e vômitos.

Modo de usar: Preparar o chá usando 4 a 6 folhas frescas em uma xícara de água fervente. Para tintura, juntar 20 g de folhas secas ou 60g de folhas frescas a 100 ml de álcool de boa qualidade (alcoolatura).

Possibilidades comerciais e industriais: A hortelã-japonesa junto com a hortelã pimenta (Mentha piperita L.), são espécies de grande interesse econômico na obtenção de óleos voláteis. Esses óleos voláteis são empregados in natura para preparação de chás, em infusão, e/ou sob a forma de preparações não bem definidas. É mais usada na área de alimentos (condimentos aromatizantes e bebidas) e cosméticos (perfumes e produtos de higiene). Constitui uma importante atividade econômica, destacando-se como espécie de produção mundial em 8.600 toneladas/ano.

 

Referência:

Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/100667/1/Folder-hortelajaponesa.pdf. Acessado em: 09 jul 2021.

Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mentha. Acessado em: 09 jul 2021.

Os comentários estão encerrados.