Pleomele variegata

Pleomele variegata

Nome científico: Pleomele reflexa

Descrição: Arbusto ornamental de 2,0 a 3,0 metros de altura.

As folhas nascem na extremidade dos ramos em forma de roseta.

Variedade variegada de folhagem amarela com estrias verdes no centro.

Origem: Índia, Madagascar e Ilhas Maurício.

Clima: Tropical quente e úmido.

Cultivo: Pleno sol. Ambiente externo e interno. A rega deve ser regular, realizada quando o substrato estiver secando.

A pleomele é uma planta arbustiva, de textura semi-lenhosa e amplamente utilizada no paisagismo e na decoração de interiores. Seu caule é ereto, ramificado e atinge uma altura média de 2 a 3 metros, embora possa atingir 6 metros no seu habitat de origem. As folhas são simples, coriáceas, ligeiramente onduladas, de cor verde-oliva escuro, dispostas em espiral ao longo do ramos.

Folha: As folhas são simples, coriáceas, ligeiramente onduladas, de cor verde-oliva escuro, dispostas em espiral ao longo do ramos. Ocorrem ainda outras variedades, com destaque para duas cultivares variegadas: a “Song of India”, com folhas de margens cor verde-limão, e a “Song of Jamaica”, de margens cor branco-creme.

Crescimento da planta: A pleomele é uma planta tropical muito vistosa e de crescimento moderado. Seu caule é ereto, ramificado e atinge uma altura média de 2 a 3 metros, embora possa atingir 6 metros no seu habitat de origem.

Frutos: não da frutos

Quando da flores: Final do inverno

Flores: As flores pequenas e brancas surgem no final do inverno reunidas em inflorescências terminais

Como adubar essa planta: Preparar o solo para plantio com uma mistura de areia, terra vegetal, terra comum de jardim e composto orgânico. Para manutenção fazer adubação anual com adubo orgânico ou NPK 10-10-10 ao redor do caule, nunca junto a ele.

Como regar essa planta: É importante que você mantenha irrigando constantemente a sua planta colocando água no solo apenas quando ele apresentar-se totalmente seco.

Aceita poda: Jamais deixe a sua planta sem uma poda. Então sempre retire as folhas velhas, murchas ou secas para que estas deem espaço para as novas

Vai na sombra: Luz Difusa, Meia Sombra, Sol Pleno

Altura das mudas: 60 cm

Pragas: Caso não haja o cuidado com o adubo e fertilização correta ou então excesso de água nas regas, a pleomele pode desenvolver alguns fungos assim como pragas e doenças.

A pleomele é uma planta tropical muito vistosa e de crescimento moderado. No jardim ela pode ser plantada isolada, em grupos ou em renques. Elas são rústicas e quando podadas corretamente podem formar ótimas cercas vivas. Envasadas, elas podem ser utilizadas em ambientes internos, onde são muito apreciadas na decoração por sua beleza e tolerância às condições de baixa luminosidade. No entanto, esta tolerância deve ser sempre testada e é sabido que as pleomeles não variegadas são um pouco mais resistentes que as formas variegadas. Na dúvida o crescimento da planta deve ser monitorado, pois caso ela comece a perder as folhas e estiolar (crescer muito rápido em altura) é sinal de que está faltando luz.

A pleomele é uma planta arbustiva, de textura semi-lenhosa e amplamente utilizada no paisagismo e na decoração de interiores. Seu caule é ereto, ramificado e atinge uma altura média de 2 a 3 metros, embora possa atingir 6 metros no seu habitat de origem. As folhas são simples, coriáceas, ligeiramente onduladas, de cor verde-oliva escuro, dispostas em espiral ao longo do ramos. Ocorrem ainda outras variedades, com destaque para duas cultivares variegadas: a “Song of India”, com folhas de margens cor verde-limão, e a “Song of Jamaica”, de margens cor branco-creme. As flores pequenas e brancas surgem no final do inverno reunidas em inflorescências terminais e, assim como os frutos, não têm importância ornamental.

A pleomele é uma planta tropical muito vistosa e de crescimento moderado. No jardim ela pode ser plantada isolada, em grupos ou em renques. Elas são rústicas e quando podadas corretamente podem formar ótimas cercas vivas. Envasadas, elas podem ser utilizadas em ambientes internos, onde são muito apreciadas na decoração por sua beleza e tolerância às condições de baixa luminosidade. No entanto, esta tolerância deve ser sempre testada e é sabido que as pleomeles não variegadas são um pouco mais resistentes que as formas variegadas. Na dúvida o crescimento da planta deve ser monitorado, pois caso ela comece a perder as folhas e estiolar (crescer muito rápido em altura) é sinal de que está faltando luz.

A pleomele é uma das plantas recomendadas para purificação do ar em interiores, de acordo com aPlants for Clean Air Council (PCAC), organização que resultou de um projeto de pesquisa originalmente conduzido pela NASA em conjunto com a Associação de Empreiteiros de Paisagismos dos Estados Unidos. A pleomele é considerada eficiente na remoção de compostos tóxicos do ar como formaldeído, benzeno, tolueno, xileno e tricloroetileno.

 

Referências:

Disponível em: https://plantasemcasa.com.br/pleomele-reflexa-como-cuidar/. Acessado em: 07 jul 2021.

Disponível em: http://www.uemurafloreseplantas.com.br/1f4603/pleomele-variegata-pote-15. Acessado em: 07 jul 2021.

Disponível em: http://viveiroportoamazonas.com.br/produtos/pleomele-variegata. Acessado em: 07 jul 2021.

Disponível em: https://www.sitiodamata.com.br/pleomele-pleomele-reflexa. Acessado em: 07 jul 2021.

Disponível em: https://www.safarigarden.com.br/muda-de-pleomele-variegata. Acessado em: 07 jul 2021.

Os comentários estão encerrados.