Capim-limão

Capim-limão (Cymbopogon citratus)

 

Reino: Plantae

Divisão: Magnoliophyta

Classe: Liliopsida

Ordem: Poales

Família: Poaceae

Género: Cymbopogon

Espécie: C. citratus

Nomes Populares: Capim-limão, Belgata, Belgate, Capim-cheiroso, Capim-cidrão, Capim-cidreira, Capim-cidrilho, Capim-cidró, Capim-de-cheiro, Capim-marinho, Capim-membeca, Capim-santo, Chá-de-caxinde, Chá-de-estrada, Chá-de-príncipe, Chá-do-gabão, Cidró, Esquenanto, Palha-de-camelo, Príncipe

Categoria: Ervas Condimentares, Medicinal, Plantas Hortícolas

Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical

Origem: Ásia, Índia

Altura: 0,6 a 0,9 metros, 0,9 a 1,2 metros

Luminosidade: Sol Pleno

Ciclo de Vida: Perene

 

O capim-limão forma uma touceira densa, suas folhas são longas, com bordas cortantes e de coloração verde clara. Devido ao aroma, é muito confundido com a erva-cidreira (Melissa officinalis), embora em nada mais se pareça com esta planta. Contém grandes quantidades de óleo essencial citral, responsável por muitas de suas utilizações aromáticas e medicinais.

É extremamente rústica, adaptando-se a variadas condições de clima e solo. Pode ser plantada em vasos e jardineiras, assim como em canteiros adubados ou como bordadura em áreas grandes. É indispensável no jardim de ervas, seja pelo seu aroma ou pelas utilizações medicinais. É muito atrativa para abelhas, sendo bastante utilizada para capturar enxames.

Capim-cidreira também conhecido por capim-santo ou capim-limão, ou erva cidreira de capim é uma planta herbácea da família Poaceae, nativa das regiões tropicais da Ásia, especialmente da Índia. Cresce numa moita de rebentos (planta cespitosa), propagando-se por estolhos (por isso chamada de estolonífera), os quais apresentam folhas amplexicaules linear-lanceoladas. As suas inflorescências são constituídas por panículas amareladas. No Brasil é muito comum que esta planta seja chamada de “erva-cidreira”, que é um nome popular também dado à espécie Melissa officinalis.

A planta é também chamada pelos sinônimos botânicos Andropogon ceriferus, Andropogon citratus, Andropogon citriodorum, Andropogon nardus ceriferus, Andropogon roxburghii e Andropogon schoenanthus. Outros nomes populares são belgate, belgata, chá-de-estrada, chá-príncipe (ou apenas príncipe), chá-do-gabão, capim-cidrão, capim-cidrilho, capim-cidró, capim-santo, capim-de-cheiro, capim da lapa, citronela (erroneamente),[1] capim-cheiroso, capim-catinga, patchuli, pachuli, capim-marinho, capim-membeca, palha de camelo, esquenanto e chá de caxinde (em Angola), caninha-de-cheiro ou cana-de-cheiro.

É uma planta usada em medicina popular, sendo, para esse efeito, utilizadas as folhas que, em infusão, têm propriedades febrífugas, sudoríficas, analgésicas, calmantes, anti-depressivas, diuréticas e expectorantes, além de ser bactericida, hepatoprotectora, antiespasmódica, estimulante da circulação periférica, estimulante estomacal e da lactação.

Em 2003, foi descoberta uma importante aplicação médica para a espécie, quando o cientista japonês Tomoyuki Ohno descobriu que o óleo essencial desta planta pode ser utilizado para matar a bactéria do estômago Helicobacter pylori. O cientista descobriu também que a bactéria não desenvolve resistência ao óleo. O tratamento recomendado pelo estudo consiste na ingestão de uma gota do óleo dissolvido em 50 ml de água de 10-30 minutos antes das refeições. O óleo já existe como remédio comercialmente distribuído no México.

Os compostos químicos a que se devem estas propriedades são citral, geraniol, metileugenol, mirceno, citronelal, ácido acético e ácido capróico. Tais componentes e, mais especificamente, o citral dão-lhe um aroma semelhante à lúcia-lima, bela-luísa ou limonete (Aloysia triphylla). Da sua inflorescência extrai-se um óleo essencial utilizado em repelentes de insectos.

Deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica para uma boa produção. Seu crescimento é bastante rápido, o que pode requerer um desbaste periódico. Utilize sempre luvas ao trabalhar com o capim-limão, pois as bordas das folhas produzem cortes superficiais na pele. Não tolera geadas fortes, mas rebrota na primavera. Multiplica-se facilmente pela divisão das touceiras.

Medicinal:

Indicações: insônia, nervosismo, cólicas, resfriados, gripes, mialgias, febres, infecções da pele

Propriedades: calmantes, sedativas, antipiréticas, anti-depressivas, diuréticas, expectorantes, bactericidas, analgésicas, ansiolíticas, digestivas

Partes Utilizadas: folhas, colmos

 

Referências:

Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cymbopogon_citratus. Acessado em: 07 jul 2021.

Disponível em: https://www.jardineiro.net/plantas/capim-limao-cymbopogon-citratus.html. Acessado em: 07 jul 2021.

Os comentários estão encerrados.